Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

16 de novembro de 2018

CANTINA PERUANA


Regressei à CANTINA PERUANA,  para conhecer o novo espaço, agora na Rua de São Paulo, paredes meias com o Za'atar. O projecto mantém a assinatura do chef  Diego Muñoz em parceria com o  chef José Avillez. Um espaço que convida a entrar "onde podemos almoçar, petiscar, jantar ou tomar um copo e ficar por lá, pela noite dentro"! Tal como afirma o chef  Diego Muñoz " o sucesso da CANTINA PERUANA e do PISCO BAR LISBOA levou-nos a mudar para um espaço mais amplo, onde recriamos o ambiente boémio das antigas cantinas de Lima, mas com um toque contemporâneo. Aqui partilhamos uma cozinha peruana diversificada, rica, cheia de sabor e a nossa paixão pelo convívio, a qualquer hora do dia."
  

Para começar experimentámos duas das três novidades dos cocktails do PISCO BAR: O Chilcano Verano e o Pisco Calle San Pablo, ideal para quem gosta de notas picantes!



Diego Muñoz dividiu a Carta da nova CANTINA PERUANA em CRUDOS, BRASAS, FRITURAS, WOK e DULCES...Difícil é mesmo escolher!


O original Couvert,  Algas Fritas y Maíz Chulpi



Os CRUDOS reflectem a forte ligação dos peruanos ao mar e incluem os tiraditos e os ceviches. Provámos um dos pratos da nova carta, o Tiradito Nikkei (lâminas finas de atum, leite de tigre nikkei, rábano branco e sésamo).


As Papas Anticuchera fazem parte da secção de FRITURAS e incluem os típicos fritos acompanhados com molhos (batatas fritas com pele, em molho anticuchera, com maionese de ají rocoto, criolla, ovos e pistácio).


Simplesmente deliciosas!


O Anticucho de Tentáculo de Pulpo, que já era um dos meus preferidos, faz parte dos pratos da secção BRASAS, que remete para os aromas e os sons das churrasqueiras das ruas de Lima.


O vinho com que acompanhámos esta refeição


O Saltado do Mar (cubos de corvina, vieiras, gambas, lulas e amêijoa, salteadas com portobellos, molho de ostra e gengibre, e mandioca frita) faz parte dos novos pratos cozinhados no WOK e é uma refeição leve e equilibrada. 


Finalmente, em DULCES, mantém-se a Mousse de chocolate peruano, que também já era o meu pecado favorito da carta anterior, daí a chamarem de "rica e decadente". É perfeita para quem adora chocolate (telha crocante de chocolate e caramelo, espuma de chocolate, queque de chocolate branco, mousse de chocolate, amendoim caramelizado e panna cotta de chocolate) tudo servido num copo, em camadas. Mergulhamos a colher e experimentamos todas as camadas de uma só vez...Imperdível!


Dividimos também uma das novidades da nova carta, Merengado de Chirimoya (creme de leite, gomos de laranja embebidos em licor de laranja, sorvete de laranja e citronela, merengue de lima e espuma de anona). Ideal para misturar com a anterior pois corta um pouco o sabor mais doce.


O design do novo restaurante é da autoria de Vanesa Vila, uma arquitecta de interiores peruana, que desenvolveu o projecto a partir de um conceito de Diego Muñoz e José Avillez. Inspirado no ambiente das antigas cantinas peruanas e bares de pisco, o espaço tem um toque contemporâneo, onde sobressaem paredes com um efeito inacabado, elegantes painéis em madeira e tampos em mármore. Em grande destaque, o balcão do PISCO BAR LISBOA, numa homenagem à grande tradição peruana de comer, beber e conviver ao balcão.


Já conhece a nova CANTINA PERUANA?

11 de novembro de 2018

Web Summit 2018


Esta semana todas as atenções estiveram viradas para o Web Summit e tive o privilegio de estar presente em representação do Breakfast@Tiffany's! Já há muito que queria ter tido esta experiência, não fosse blogger há quase 9 anos e Pós-Graduada em Ciber-Comunicação, altura em que fiz um trabalho sobre a adição às redes sociais. Neste momento este é um tema transversal a toda a sociedade e não apenas àqueles que trabalham na área. Foi sem dúvida um evento imperdível! Quem esteve por lá?


Assim que soube que me tinha sido atribuída a acreditação comecei a pesquisar sobre os oradores presentes no evento e a seleccionar os temas sobre os quais tinha mais interesse...A questão é que eram imensos. Para além dos óbvios, moda, beleza, criação de conteúdos, influenciadores digitais, Marketing e Comunicação, havia ainda imensas conferências sobre assuntos que estão cada vez mais na ordem do dia. Caso das fake news, a adição às redes sociais, a importância dos dados e da partilha dos mesmos, mas também todo um novo mundo, como a robbot Sophia ou a conferência com a Virgin Galaxy sobre viagens ao espaço, entre tantos outros.


Earning User Trust com Tamar Yehosshua da Google



Depois de descarregar a app e fazer a minha agenda percebi que seria impossível ir a todas as conferências sobre as quais tinha interesse, muitas delas eram sobrepostas em termos de horário, e as as outras decorriam em locais totalmente opostos, sendo que aqui tudo começa exactamente à hora prevista. No primeiro dia confesso que andei um pouco perdida mas nos outros organizei-me por forma a conseguir assistir a tantas conferências quanto possível, mesmo que isso implicasse sair 5 minutos antes de uma que estava a decorrer no Altice Arena para ir a outra que decorria no Pavilhão 4 e voltar de seguida ao ponto de partida. Desta forma consegui absorver o máximo de informação possível. Outro ponto importante do Web Summit é o networking e aqui confesso que não explorei tanto quanto queria, pois tinha de optar entre visitar stands e conhecer pessoas ou assistir a conferências que me fariam aprender mais sobre temáticas importantes.


Fashion a User Experience com Alexander Wang


Net Positive, hapiness and the Internet com Alan Schaff


The Global Beauty Industry com Carolina Finn da Augustinus Bader


The New Face of Brand Ambassador com a lindíssima modelo e actriz Charlote Mckinney


Modernising Traditional Brands com Daniel Grieder da Tommy Hilfiger, Nadja Swarovski, Jim Lanzone (CBS) e Karen TSO (CNBC).




Beer and the Big Data com Tan Wilson, Heineken International BV


Já pensaram em viajar para o espaço? Space for Everyone com Stephen Attenborough faz-nos perceber que é possível, embora não esteja ao alcance de todos. Também é exequível diminuir as distancias de voo de forma considerável...




O nosso Presidente sempre comunicativo


No discurso final Marcelo Rebelo de Sousa simplesmente arrasou! We Did it, we did it, we did it! Relembrando o sucesso alcançado com a Web Summit. O segundo desafio que destacou, fazer andar a revolução digital e o terceiro sem fake news! Realçou que há mais para fazer, tendo em conta que a Web Summit vai ficar em Portugal por mais 10 anos e que quer ver Lisboa como uma plataforma digital autêntica todos os dias e não só durante o evento. Afirmou ainda que devemos usar a Internet para ajudar quem mais precisa, como é o caso dos refugiados "Não esqueçam o resto da sociedade. Pensem nos outros, não só nas novas gerações, mas no resto da sociedade” e também que a era digital is about Freedom, o digital é liberdade, abertura de economias e sociedades e não o que vemos acontecer pelo mundo onde impera a xenofobia e o racismo. Apelando a que a revolução digital seja posta em prática com "diálogo e paz", "a mudança pode ser dura mas cruzar o mundo com esses ideais vale a pena!"


Na original selfie wall em azulejos que tão bem representa Portugal!

Web Summit até para o ano!

10 de novembro de 2018

Praia Verde Boutique Hotel


A terceira parte das férias de Verão foi passada no Praia Verde Boutique Hotel, um local onde nos sentimos verdadeiramente em casa! Desde o incansável Gustavo Martins, Director do Hotel, que tão bem nos acolheu, ao simpático chef do restaurante "À Terra" David Domingues, passando por todo o restante staff. Este é um lugar onde vamos certamente voltar!


Detalhes da nossa acolhedora suite!







Rodeado pelo verde, este hotel foi considerado em 2014 pela CNN como um dos novos melhores boutique hotéis da Europa, tendo sido o o primeiro hotel renovado sobre a gestão da marca DHM - Discovery Hotel Management. Faz igualmente parte do Grupo o magnífico Vila Monte Farm House, do qual já tive oportunidade de vos falar aqui. Após profunda remodelação na arquitectura e no design, o Praia Verde é hoje uma unidade que interpreta um novo conceito com suites confortáveis, em tons naturais, e com imensa luz. 





Aqui respira-se ar puro e podemos optar por ir até à praia no buggy do hotel ou caminhando pelos bonitos recantos da natureza.




Feeling Peaceful


A fechar a época balnear de forma perfeita na lindíssima Praia Verde.





Ready for dinner 



O chef  David Domingues



As pizzas do "À Terra" feitas em forno a lenha são simplesmente deliciosas!





Demos início a este jantar com o couvert, que inclui pão quente acabado de fazer, azeitonas e um delicioso patê. Seguiu-se um refrescante Ceviche de peixe do mercado com batata-doce e gengibre.  Para prato principal dividimos um Polvo da nossa costa panado com farinha de milho e uns Lombinhos de Porco com xarém de ameijoas à Bulhão Pato.


As sobremesas são igualmente irresistíveis, e como um dia não são dias, partilhámos uma Variação de chocolate negro, um verdadeiro pecado, e o Vaso "À Terra".


À conversa com o chef




Breakfast @ À Terra









A loja com produtos tradicionais é uma das apostas do Praia Verde Boutique Hotel. Toda a filosofia do hotel passa por investir em pequenos produtores locais, como é o caso de um oleiro que ia fechar o negócio e actualmente produz parte da loiça do restaurante. Esta, entre tantas outras histórias que o simpático Gustavo nos contou, fazem a diferença e ajudam a fomentar a economia local.


A piscina emoldurada pela natureza convida a relaxar




Já conhecem o Praia Verde Boutique Hotel?



Feeling like a kid