Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

27 de outubro de 2020

O Poder de influenciar


O poder dos influencers é um tema que levanta cada vez mais questões e tendo criado o Breakfast@Tiffany’s há mais de 10 anos, na altura como mero hobby e sem quaisquer objectivos financeiros, sinto-me totalmente habilitada para falar sobre este assunto sem reservas. Por outro lado, sou Marketeer de profissão, tendo trabalhado vários anos com marcas de luxo, o que me permitiu adquirir know-how sobre o tema. 

Este sempre foi um espaço de partilha sobre as coisas que gosto, os locais que visito e a minha forma de estar, independentemente de aquilo que divulgo ser patrocinado ou pago por mim. Como digo sempre "não existem almoços grátis". Uma parceria, quer envolva um valor monetário ou apenas uma troca de serviços/produtos, implica muito trabalho. Por trás de uma bonita foto está todo um conceito. É necessário desde logo criar uma história, pensar num cenário e envolvimento. Depois passar horas a fotografar, selecionar e editar imagens, bem como escrever um texto que transmita a mensagem que queremos veicular. 

No entanto, o verdadeiro motivo que me moveu a redigir este artigo foi a crescente questão sobre o poder de influenciar, palavra que não adoro, pois acho que todo o cidadão comum tem de alguma forma esse papel de influenciador, não cabendo o mesmo apenas aos criadores de conteúdos. Quantas vezes não vamos àquele hotel ou restaurante porque nos sentimos inspirados por uma pessoa com quem simplesmente nos identificamos? Por outro lado, e quanto à questão dos patrocínios, também é importante referir que cada um tem a possibilidade de seleccionar as marcas com quem trabalha. Posso dizer que nunca aceitei uma proposta para fazer algo com o qual não me identifico. 

De igual forma, vejo que da parte de algumas agências de Marketing de influência existe um total desalinho, não percebendo que o influencer que faz uma campanha de mass Marketing não será obviamente o mesmo que vende produtos de luxo. Não é apenas uma questão de identificar o target mas também o veículo certo. 

Ter milhares de seguidores, não significa per si que represente uma boa taxa de conversão, se o que se está a vender não se enquadra no mesmo segmento. Há ainda que ter em conta o engagement, quantas vezes não vemos contas com inúmeros seguidores e likes e quase sem comentários. 

Há agências que não querem saber sequer se testamos os produtos, nem qual a nossa verdadeira opinião sobre os mesmos. Prova disso é que com algumas campanhas que fiz na área de beleza recebi na véspera os artigos que eram para fotografar e publicar de seguida, ou seja, sem tempo para os experimentar e dar uma opinião fundamentada. A questão que mais me chocou foi de um Director de uma agência de Marketing de influência me ter dito para divulgar um produto ao qual tinha muitas reservas, por me ter feito alergia anteriormente. A pronta resposta foi “aceita a campanha, não precisas de usar, só falar sobre o mesmo!" Declinei obviamente e até hoje não voltei a trabalhar com a agência. 

Nesta questão é também importante mencionar o consumidor final, quem nos segue acredita na nossa palavra. Não estamos a falar de seres acéfalos, mas pessoas cada vez mais informadas, que confiam em nós e que percebem que não acordamos um dia todos a decidir que vamos usar aquele shampoo ou creme anti-rugas. Aqui também há um importante trabalho por parte das agências e marcas em calendarizar as publicações e, como já referi, escolher o profissional/plataforma ideal para aquele produto em específico. 

Em paralelo, tenho marcas com as quais tenho relações de longa data e cujos brand values estão totalmente alinhados com os meus, sendo junto a essas que quero estar. Em Portugal parece que só os números contam, não se privilegiando o bom conteúdo, nem se adaptando cada campanha aos alvos a alcançar. Os blogs de nicho, por exemplo, são muitas vezes desvalorizados, diversamente do que acontece em outros mercados, onde são uma referência. 

Posto isto, vou continuar por aqui a comunicar para a minha audiência, pessoas que me seguem desde sempre ou que chegaram agora. Continuarei a dar o meu melhor e a abraçar apenas projectos nos quais acredito. Posso nunca vir a enriquecer mas também jamais perderei a minha essência, afinal essa é para mim a maior riqueza de todas!

16 de outubro de 2020

Hotel Casa Palmela | Escapadinha de Outono

 

O Hotel Casa Palmela é um lugar perfeito para visitar em qualquer época do ano e nesta altura tem um encanto particular. Contemplar o pôr-do-sol com a palete de tons outonais, reflectindo nas vinhas e a Serra de Arrábida como pano de fundo, torna-o num cenário simplesmente inigualável!


Blusa Filomena by EOY | Brincos Marquesa


Desta vez ficámos na Junior Suite Romantic, a antiga sala de charme da casa, localizada no edifício principal. Com 45m2, possui uma lareira em mármore, uma banheira vintage e é extremamente romântica e acolhedora.





Os tons da estação em cada recanto.


A casa principal respira tradição e transmite um ambiente familiar e tranquilo.


Alguns produtos regionais e da horta...Marmelos, Lavanda, Alfazema, Erva-Príncipe, Lúcia-Lima e Orégãos, algumas desta ervas são usadas no chá. O delicioso bolo de laranja, os tradicionais S´s de Azeitão e as Areias são perfeitos para acompanhar! ;)




O pequeno-almoço com esta vista tem outro sabor, perco-me sempre com o requeijão com doce de abobora ;)


Alguns dos pratos que experimentámos e recomendo: Creme de ervilhas c/ toucinho crocante e ovo a baixa temperatura; Caldo-verde tradicional em novas texturas com chouriço regional alentejano e Risotto de camarão (gambas salteadas e espargos verdes).


Naco de vitela de leite no forno, com croquete, aromatizado com alheira, queijo DOC e redução de vinho Moscatel; Barriga de Leitão crocante com guizadinho de favas e crocante de chouriço. Para finalizar a sobremesa preferida, Pudim de Moscatel de Setúbal com amêndoas torradas salgadas.


Ainda não tinha experimentado o "Slow Welness SPA", pelo que esta escapadinha foi o momento ideal para o fazer. Realizei uma massagem de vinoterapia, um tratamento estético que aproveita as propriedades regenerativas da uva, com a simpática Ana Lopes do grupo A.L.M.A.



Observar o pôr-do-sol enquanto disfrutamos de um Moscatel Roxo é a melhor forma de terminar o dia!




Vejam este look aqui.




14 de outubro de 2020

Look | Green Dress


O Outono começou com uma escapadinha ao Hotel Casa Palmela. Nesta altura as vinhas pintam-se de tons ocre, dando um enquadramento ainda mais singular a este lugar tão especial. Elegi um vestido verde coordenado com um chapéu bordeaux para dar mais cor a este look.










Look

Dress Penelope by Funky Project 

18 de setembro de 2020

Hotel Palácio Estoril


O Hotel Palácio Estoril tem sido palco de muitos momentos especiais da nossa relação, a engagement session, preparação para o casamento e noite de núpcias. Também aqui vivemos outras experiências incríveis como a Festa das Mesas ou a minha festa do 10º aniversário do blog. Por esse motivo, e tendo celebrado recentemente 3 anos de casamento, fomos passar um fim de semana a este hotel icónico que acaba de completar 90 anos!


A piscina é um dos ex-libris, tendo sido remodelada mantém a configuração original.



O pequeno-almoço no quarto, com a magnífica vista sobre a baia de Cascais, é sem dúvida a forma perfeita de começar o dia!



Os pasteis de nata são já um clássico e é algo que têm mesmo de experimentar!


Detalhes que fazem a diferença





O Hotel foi ponto de encontro de espiões britânicos e alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Ian Flemming, o notório espião, inspirado em Dusko Popov, escreveu “Casino Royal”, o primeiro livro do agente especial 007, James Bond. Mais tarde, estas histórias de intriga e espionagem inspiraram outros escritores famosos e produtores de filmes. Foi também aqui que foram rodadas muitas das cenas do filme James Bond “Ao Serviço de Sua Majestade”, em 1969, que teve como protagonistas o actor australiano George Lazenby,  segundo agente da saga, depois de Sean Connery, e a actriz inglesa Diana Rigg, recentemente falecida. Para tornar a nossa estadia ainda mais memorável ficamos alojados na Suite James Bond!


O Dry Martini  ("shaken not stirred") é uma referência deste personagem e também do hotel, por isso não podemos deixar de provar.


As refeições neste momento são servidas no Terraço Bougainvillea, um espaço super agradável junto à piscina. Estes foram alguns dos pratos que experimentámos. 



O Mil Folhas com gelado de framboesa e o Brownie de chocolate foram duas das sobremesas que nos fizeram cair em tentação.


Moskow Mule (o meu cocktail preferido) e o Mojito



Ready for dinner


O pôr do sol visto desta varanda tem um encanto ainda mais especial!


As salas remetem-nos para outro tempo e fazem lembrar a pelicula de um filme.


Estoril by Night


Na parede atrás de mim estão representadas muitas das figuras que fazem parte da história deste Hotel, como é o caso de Ian Fleming, Diana Ross, Antoine de Sant-Exupéry, entre muitos dignatários das casas reais europeias.



A beleza dos jardins é também digna de menção.