Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

16 de novembro de 2018

CANTINA PERUANA


Regressei à CANTINA PERUANA,  para conhecer o novo espaço, agora na Rua de São Paulo, paredes meias com o Za'atar. O projecto mantém a assinatura do chef  Diego Muñoz em parceria com o  chef José Avillez. Um espaço que convida a entrar "onde podemos almoçar, petiscar, jantar ou tomar um copo e ficar por lá, pela noite dentro"! Tal como afirma o chef  Diego Muñoz " o sucesso da CANTINA PERUANA e do PISCO BAR LISBOA levou-nos a mudar para um espaço mais amplo, onde recriamos o ambiente boémio das antigas cantinas de Lima, mas com um toque contemporâneo. Aqui partilhamos uma cozinha peruana diversificada, rica, cheia de sabor e a nossa paixão pelo convívio, a qualquer hora do dia."
  

Para começar experimentámos duas das três novidades dos cocktails do PISCO BAR: O Chilcano Verano e o Pisco Calle San Pablo, ideal para quem gosta de notas picantes!



Diego Muñoz dividiu a Carta da nova CANTINA PERUANA em CRUDOS, BRASAS, FRITURAS, WOK e DULCES...Difícil é mesmo escolher!


O original Couvert,  Algas Fritas y Maíz Chulpi



Os CRUDOS reflectem a forte ligação dos peruanos ao mar e incluem os tiraditos e os ceviches. Provámos um dos pratos da nova carta, o Tiradito Nikkei (lâminas finas de atum, leite de tigre nikkei, rábano branco e sésamo).


As Papas Anticuchera fazem parte da secção de FRITURAS e incluem os típicos fritos acompanhados com molhos (batatas fritas com pele, em molho anticuchera, com maionese de ají rocoto, criolla, ovos e pistácio).


Simplesmente deliciosas!


O Anticucho de Tentáculo de Pulpo, que já era um dos meus preferidos, faz parte dos pratos da secção BRASAS, que remete para os aromas e os sons das churrasqueiras das ruas de Lima.


O vinho com que acompanhámos esta refeição


O Saltado do Mar (cubos de corvina, vieiras, gambas, lulas e amêijoa, salteadas com portobellos, molho de ostra e gengibre, e mandioca frita) faz parte dos novos pratos cozinhados no WOK e é uma refeição leve e equilibrada. 


Finalmente, em DULCES, mantém-se a Mousse de chocolate peruano, que também já era o meu pecado favorito da carta anterior, daí a chamarem de "rica e decadente". É perfeita para quem adora chocolate (telha crocante de chocolate e caramelo, espuma de chocolate, queque de chocolate branco, mousse de chocolate, amendoim caramelizado e panna cotta de chocolate) tudo servido num copo, em camadas. Mergulhamos a colher e experimentamos todas as camadas de uma só vez...Imperdível!


Dividimos também uma das novidades da nova carta, Merengado de Chirimoya (creme de leite, gomos de laranja embebidos em licor de laranja, sorvete de laranja e citronela, merengue de lima e espuma de anona). Ideal para misturar com a anterior pois corta um pouco o sabor mais doce.


O design do novo restaurante é da autoria de Vanesa Vila, uma arquitecta de interiores peruana, que desenvolveu o projecto a partir de um conceito de Diego Muñoz e José Avillez. Inspirado no ambiente das antigas cantinas peruanas e bares de pisco, o espaço tem um toque contemporâneo, onde sobressaem paredes com um efeito inacabado, elegantes painéis em madeira e tampos em mármore. Em grande destaque, o balcão do PISCO BAR LISBOA, numa homenagem à grande tradição peruana de comer, beber e conviver ao balcão.


Já conhece a nova CANTINA PERUANA?

Sem comentários:

Enviar um comentário