Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

8 de novembro de 2017

Wedding Dress | JESUS PEIRO Porto



O vestido de noiva é a estrela de qualquer casamento! A seguir ao pedido o nosso primeiro pensamento vai inevitavelmente para a escolha do modelo que nos vai tornar em verdadeiras princesas por um dia. No meu caso acabou por ser mesmo o ponto de partida como vos contei aqui. Ser embaixadora da conceituada marca espanhola JESUS PEIRO foi um dos melhores convites que já recebi e uma enorme honra mas também uma grande responsabilidade!


A escolha do vestido acabou por não ser tão simples como me pareceu à primeira vista. Na minha visita à Jesus Peiro Porto, mais de um ano antes do casamento, escolhi um modelo todo em renda que já tinha visto no site e era a minha cara. Tomei de imediato a decisão e, nesse momento, já nem quis experimentar outros modelos que tinha seleccionado, como foi o caso do eleito. Quando voltei à loja para fazer a encomenda, a Teresa Madureira Pinto sugeriu que o vestisse e a verdade é que me senti muito mais confortável com o fitting deste modelo. A opinião geral foi que este sim era o vestido ideal para o meu tipo de corpo, pois o outro apesar de ser lindíssimo não se adequava tanto ao meu biótipo.

Esta é uma das dicas que dou às noivas, escolham algo adequado à vossa personalidade mas com que se sintam confortáveis, caso contrário o mais provável é que as inseguranças venham à tona e isso reflecte-se obviamente na autoconfiança.


Quando optei pela JESUS PEIRO Porto o meu único receio era ter de me deslocar a outra cidade para fazer as provas. No entanto, e dado que os vestidos são tailor made, depois de escolhido o modelo e de tiradas as medidas, este chegou com o tamanho perfeito, não tendo sido necessário efectuar nenhum ajuste, nem sequer na bainha. O processo de escolha apenas me levou a ter que ir ao Porto duas vezes.


O modelo final de corte império em crepe de seda, com aplicações de renda (entredós Juliette) e um cinto em pedraria Pavé, era super confortável e fresco. Claramente uma mais-valia, dado que no dia 3 de Setembro fez imenso calor!


Depois de escolhido o modelo foi bem mais fácil seleccionar os acessórios, que também já partilhei neste artigo e o toucado da Cata Vassalo com alguns elementos de inspiração grega, tal como o vestido.


O véu era algo que nunca tinha pensado usar por se tratar de uma cerimónia civil. Não obstante, e depois de ver este com flores bordadas, mudei de ideias pois achei que dava o apontamento que faltava, para além de desta forma poder usar dois looks, uma vez que o retirei a seguir à cerimónia.


Saliento ainda todo o carinho e excelência no serviço personalizado. A Teresa Madureira Pinto e a Fátima Ribeiro foram incansáveis, inclusive alertando-me para os timings. Com tanta coisa para tratar por vezes esquecemo-nos do mais importante!




Este dia foi um dos melhores da minha vida e queria sentir-me confortável em todas as ocasiões, o que aconteceu. O facto de todos os convidados me terem feito rasgados elogios, dizendo que este era o modelo perfeito para mim, também ajudou a tornar este momento ainda mais especial!













A entrada no jantar no Salão Nobre do Convento da Penha Longa



A primeira dança, era um dos momentos que me causava algum receio por estar com um vestido comprido e não ser fácil rodopiar. A verdade é que dancei sem que em nenhum momento sentisse que o vestido me estava a prender os movimentos! ;)




Tenho de agradecer mais uma vez à querida Teresa Madureira Pinto, hoje uma amiga, e também à Fátima Ribeiro pelo carinho e dedicação em todo este processo.

Fotos Marisa Martins Fotografia

2 comentários:

  1. Adorei o vestido, super romântico e assentou na perfeição!! Felicidades...

    Novo post: http://abpmartinsdreamwithme.blogspot.pt/2017/11/gamiss-fall-wishlist.html

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar