Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

15 de outubro de 2022

La Galerie Dior


La Galerie Dior abriu portas em Março deste ano, sendo já um incontornável espaço de referência da marca. Considero um dos lugares mais emblemáticos por onde já passei, assim como a sua loja na mítica Avenue Montaigne e o restaurante Monsieur Dior, onde almoçámos no primeiro dia em Paris, e dos quais vos falarei num próximo post.

 

Nas escadarias que ligam os três pisos da exposição encontram-se 1874 objectos de pequenas dimensões nas paredes, feitos em 3D e com magníficas reproduções de peças Dior. 


"Apresentando uma narrativa cenográfica única, a Galeria Dior captura o espírito parisiense da alta-costura, perpetuando ao mesmo tempo a memória do seu endereço histórico".


Nesta exposição mergulhamos no universo do criador, que apesar de ter tido uma curta carreira (de 1947 a 1957),  tendo terminado com a sua morte prematura, vitima de ataque cardíaco, veio mudar para sempre o curso da moda e beleza.



O icónico Bar Suit, de 1947, (Corolle line) que deu origem a uma nova silhueta feminina. 




Os Jardins Encantados com peças que reflectem a paixão de Monsieur Dior pelas flores. Esta começou na sua infância em Granville na Normandia, na residência de família, e onde se situa hoje a sua casa museu, na villa Les Rhumbs.




Desenhos de Gianfranco Ferré  Maria Grazia Chiuri, actual criadora da marca.


Christian Dior continuou a desenhar com inspiração na natureza, tendo feito a sua primeira colecção Femme-fleur sublimada pela linha Corolle.


As icónicas escadas da Maison.



Neste espaço encontram-se criações dos diversos estilistas que passaram pela Dior, começando pelo seu sucessor Yves Saint Laurent (1957 a 1960), seguindo-se Marc Bohan (1960 a 1989), Gianfranco Ferré (1989 a 1997, John Galliano (1997 a 2011), Raf Simons (2012 até 2015) e Maria Grazia Chiuri (2016 à actualidade).


O vestido Millefiore desenhado por Maria Grazia Chiuri para a campanha de Miss Dior 2021, protagonizado por Natalie Portman. Este modelo especial, concebido em gaze de seda enrugada à mão e com flores bordadas, é de uma beleza indescritível!


Retrato de Christian Dior por Paul Strecker, 1928



O atelier original do qual só temos acesso visto de cima.


Monsieur Dior é um criador de estrelas, imortalizado por actrizes como Marlene Dietrich, sua amiga e vizinha na Avenue Montaigne, que usou algumas das suas peças no filme de Alfred Hitchcock "Stage Fright", tendo-se tornado na sua musa incontornável. Ava Gardner, Ingrid Berman e Grace Kelly também o elegeram como seu estilista. Marilyn Monroe, Sofia Loren e Claudia Cardinale renderam-se igualmente à sua forma de exaltar as formas femininas. Actualmente Anya-Taylor Joy, que ganhou um Globo de Ouro pela sua interpretação em "The Queeen´s Gambit", é uma das embaixadoras da marca.  


Natalie Portman, Nicole Kidman, Jeniffer Lawrence ou Charlize Theron são outras das personalidades de referência, tendo sido esta última a protagonista do anúncio do perfume J'adore que também aqui está representado.


O ouro, metal nobre por excelência e um símbolo de poder e de fascínio desde a Antiguidade, serve de inspiração para a criação deste perfume em 1999 que evoca este conceito ao extremo. A sua fragrância foi concebida por Calice Becker e a garrafa desenhada por Hervé Van der Straeten, assumindo a forma de uma ânfora com aros dourados e reminiscências da linha EN 8, desenhada por Christian Dior em 1947, exaltando a beleza triunfante da mulher moderna.



A fragrância "Miss Dior" de 1947


Cabinet of of curiosities com alguns dos objectos de culto da marca, dos sapatos concebidos por Roger Vivier à cosmética e perfumes, entre outras peças. Celebrando a arte do detalhe e riqueza do savoir-faire, um tributo para a visão pioneira do seu criador.


A carteira Lady Dior, deve o seu nome à Princesa Diana que após a ter recebido de presente da primeira-dama Bernadette Chirac passou a ser vista com ela em inúmeros eventos. Uma curiosidade, esta verdadeira peça de arte é produzida manualmente em Florença.


O mítico edifício da Avenue Montaigne



Fiquem atentas ao próximo post!

Espreitem também os destaques, posts e os reels no Instagram em breakfast_tiffanys_blog.

2 comentários:

  1. Foi sem dúvida uma experiência super interessante e o artigo reflecte na perfeição todo o esplendor! Bravo👏

    ResponderEliminar