Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

8 de maio de 2017

Almada Negreiros "Uma Maneira de Ser Moderno"


Finalmente tive oportunidade de visitar a exposição de Almada Negreiros, "Uma Maneira de Ser Moderno", patente na Fundação Calouste Gulbenkian até 05 de Junho. Se tiverem oportunidade não deixem de passar por lá!


A ampla retrospectiva da sua obra reúne mais de 4 centenas de trabalhos, muitos deles inéditos. A exposição está agrupada em 7 núcleos temáticos que vão desde a pintura, o desenho, à estreita ligação com os trabalhos que fez em colaboração com arquitectos, escritores, editores, músicos, cenógrafos ou encenadores. 




O retrato de Fernando Pessoa lendo a revista Orpheu, de que Almada Negreiros também fazia parte, é uma das obras mais emblemáticas do artista e que tão bem representa a sua geração. A primeira versão desta obra foi executada em 1954 para o restaurante Irmãos Unidos, antigo ponto de encontro do grupo Orpheu.


Esta versão mais recente (1964) foi concebida para a Fundação Calouste Gulbenkian.



Auto-retratos de Almada Negreiros




Retrato de "La Argentinita", 1925


"Duplo Retrato"


"A Maternidade"



"Auto-Retrato num grupo" acima e em baixo "As Banhistas", pinturas criadas para o café A Brasileira.



"A Engomadeira"


Trabalhos desenvolvidos para a Alfaiataria Cunha





Desenho para capa de revista "A Contemporânea"



Figurinos para a peça "Auto da Alma" de Gil Vicente


Adereço peça "Auto da Alma"









"A Sesta", uma das minhas obras de eleição!



Já visitaram esta exposição?

Sem comentários:

Publicar um comentário