Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

16 de fevereiro de 2017

Moonlight e Manchester by the Sea


Em contagem decrescente para os Óscares dos filmes nomeados para a categoria de melhor filme já só me falta o Lion

Moonlight e Manchester by the Sea são dois dos filmes sobre os quais tinha mais expectativa e como tal foram dos primeiros a ver no cinema.


Moonlight, um drama de Barry Jenkins, baseado na peça de Tarell Alvin McCraney, (In Moonlight Black Boys Look Blue) conta a história de Chiron um rapaz que nasceu num bairro pobre de Miami nos anos 80, vítima de bullying na escola e de maus tratos por parte da mãe toxicodependente. Chiron acaba, surpreendentemente, por encontrar apoio, e até mesmo ter como modelo, Juan, um traficante de droga, papel excelentemente desempenhado por Mahershala Ali (nomeado para melhor actor secundário), que nos habituamos a ver como o lobista Remy Danton em House of Cards.










A história dividida em três tempos: infância, adolescência e idade adulta de Chiron, vai, na minha opinião, perdendo força. Tendo achado o papel de Alex Hibbert (Chiron na infância) e Ashton Sanders (Chiron na adolescência) bem mais convincentes do que o personagem da idade adulta, Trevante Rhodes. Quanto à interpretação da mãe, Naomie Harris, também nomeada para melhor actriz secundária, considero simplesmente fenomenal. 

Embora esteja longe de ser o meu favorito ao Óscar, será certamente um forte candidato, desde logo pelas questões raciais e pela temática da homossexualidade que voltaram a esta na ordem do dia com a governação Trump.


Manchester-by-the-Sea é para mim um dos mais fortes candidatos ao Óscar de melhor filme. Uma história aparentemente simples de um encarregado de limpeza, Lee Chandler (Casey Affleck), também nomeado para melhor actor, que ao lidar com a morte do seu irmão volta para Manchester-by-the-Sea. Lee fica responsável por cuidar do sobrinho mas a partir daí somos confrontados com os fantasmas do seu passado e levamos um autêntico murro no estômago!


Este filme foi escrito e realizado por Kenneth Lonergan, um nova-iorquino que começou como dramaturgo e escreveu os guiões de "Uma Questão de Nervos" e "Gangs de Nova Iorque", tendo-se estreado na realização em 2000 com "Podes Contar Comigo". Do elenco fazem parte Michelle Williams, também nomeada para melhor actriz secundária, Kyle Chandler, Lucas Hedges, nomeado para melhor actor secundário e Gretchen Mol.



Já viram estes filmes? Até agora quais são os vossos favoritos aos Óscares?

Sem comentários:

Publicar um comentário