Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

8 de abril de 2010

Elle dedica edição especial a mulheres com curvas

 

A revista francesa dedica 32 páginas de uma edição especial às mulheres com mais de 50 Kg

Na capa da edição desta semana da revista francesa Elle  aparece Tara Lynn, modelo americana, que está longe do aspecto escanzelado de muitas manequins. Em 32 páginas da Elle surgem fotografias de outras mulheres com curvas, como a modelo Johanna Dray ou a comediante Stéphanie Zwicky.
A Elle elogia a modelo americana, considerando que, quando comparada com outras modelos, Tara Lynn tem a particularidade de irradiar felicidade. "É ela mesma e come o que quer", escreve a Elle. 

A decisão da revista pode ser encarada como forma de desafiar o estereótipo de magreza da mulher parisiense, mas há quem duvide de que alguma vez um corpo menos franzino seja aceite pelo mundo da moda francês. De acordo com o jornal britânico Guardian um elemento da indústria da moda francesa considerou a decisão da Elle como "resposta às críticas que lhes foram feitas por mostrarem apenas modelos magras". "Ter uma só edição com raparigas grandes é como o dia da mulher: é-lhes reservado um dia por ano e o resto do tempo volta-se ao normal".

Também a revista italiana Vogue tinha lançado, há cerca de um mês, uma nova secção online, à qual deram o nome de Vogue Curvy , com dicas e conselho para mulheres "com curvas". A Vogue Magazine já este ano, apostou numa edição semelhante.

Só é pena que seja necessário fazer "edições especiais" dedicadas "às menos magras" como se de uma dia especial se tratasse, quando existem outras capas com raparigas magras de aspecto verdadeiramente desolador. Veja-se, por exemplo, as da revista Happy. No entanto, mesmo que seja só uma moda de passagem, nós as mulheres com mais de 50 quilos agradecemos e julgo que os homens também!

Sem comentários:

Publicar um comentário