Sobre Mim Entrevistas Artigos Produções Lifestyle

18 de junho de 2015

A Champanheria Setúbal


A Champanheria em Setúbal é um local muito especial para mim. Foi neste restaurante que jantei pela primeira vez com o André e todos os anos lá voltamos para assinalar a data.


Este espaço prima pela originalidade na confecção dos pratos, pela comida deliciosa e pela forma acolhedora com que somos recebidos. Tal como afirma Rosemeri, a simpática anfitriã, "gosto de receber os meus clientes como se fossem meus convidados, está é a sua casa". E não há dúvida que me sinto como se fosse!
As paredes estão sempre repletas de quadros que dão a conhecer artistas nacionais. Neste momento está patente uma mostra de Olinda Lima.



A Bossa Nova anima o ambiente, aliás uma das influências da cozinha deste restaurante é a comida brasileira de onde Rosemeri é oriunda. Não posso deixar de destacar a moqueca de gambas e arroz de côco.

Mário, o chef, marido de Rosemeri, elegeu o conceito de tapas para a A Champanheria de Setúbal, valorizando produtos nacionais, certamente influenciado pelos anos que viveu em Barcelona.

Este espaço abriu as suas portas em Julho de 2002, tendo sido a primeira Champanheria a abrir no nosso País.


O menu é composto por 4 ou 8 pratos de degustação e um prato principal, havendo a opção de escolher à la carte. Os pratos de degustação são sempre uma completa surpresa, rendendo-nos a maestria do chef.

Os ninhos de massa kotaif com queijo de Serpa, mel e oregãos da Arrábida, foram o ponto de partida nesta viagem de sabores...Uma entrada absolutamente deliciosa! Para acompanhar nada melhor que a refrescante e apurada sangria de espumante.


De seguida saboreamos umas fantásticas ostras com molho de manga, uma combinação arrojada que resulta em pleno.  As ostras são aliás uma das especialidades da casa.


Tostas de Bacalhau com salada iceberg e morangos


Alheira de Caça com ovinhos de codorniz, outro dos meus pratos de eleição ;)


Sorbet de Limão como tira-gosto


O prato principal, Peixe gratinado com gambas e espinafres


Para finalizar "as cerejas no topo do bolo" - Gelado de côco com calda de caramelo e Bolo de chocolate e noz com frutos vermelhos e chocolate branco.


Com a Rosemeri

Se ainda não conhecem A Champanheria de Setúbal reservem um domingo e vão experimentar a Happy Oyster, um menu especial com degustação de Ostras. 

Podem também visitar a Champanharia LX, em Lisboa na Rua João Crisóstomo, nº 15, onde têm possibilidade de experienciar a Happy Oyster todos os dias, excepto aos domingos, das 18h às 20h. O jazz dita aqui a decoração do espaço e a música ambiente.

Já conhecem A Champanheria?

2 comentários:

  1. Conheço há já alguns anos a de Setúbal e recomendo-a vivamente: pelo ambiente acolhedor, pela simpatia da Rosemery e do Mário Brito Pinheiro, pelo excelente serviço, pelas magníficas e criativas tapas (a da massa kataif também é das minhas preferidas), pela frescura dos ingredientes, pela decoração (adoro o poema da "Liberdade" de Fernando Pessoa na parede), pela música muito a meu gosto. E confirmo: as ostras são excelentes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Milena a Rosemery e o Mário são excelentes anfitriões e a comida é magnífica! Também adoro os detalhes da decoração, para além da boa comida é um ambiente com alma e isso faz toda a diferença :)

      Um beijinho,

      Carmen

      Eliminar